Ler… Que coisa maravilhosa

Uma coisa que eu gosto muito de fazer é ler! Leio de tudo, desde um livro qualquer, até a bula de um remédio que estou tendo que tomar, leio até mesmo a embalagem da pasta de dente enquanto estou escovando os dentes…

Ler é muito bom, você consegue sair da sua realidade e viaja por realidades diferentes das suas, às vezes, encontrando livros que até tratem de coisas que você passa, mas bem. Hoje eu quero falar de 3 livros de um escritor muito massa, o nome dele é Khaled Hosseini.

Cara, esse escritor escreve histórias muito belas, beeeem emocionantes e choráveis, mas belas. Eu tive a oportunidade de ler até o momento 1 livro e metade do outro, mas minha mãe leu os 3 (provando que esse hábito de leitura que tenho foi passado pelo sangue).

O primeiro livro que eu li foi “O caçador de pipas“, é uma história de dois amigos, que são de classes sociais distintas, os dois eram muito chegados, mas num dia acaba que o amigo da classe menos favorecida é violentado e a partir daí algumas coisas, não muito legais, acontecem, e com o passar do livro a história vai se desenrolando e sendo resolvida, ou menos vai sendo explicada.

O segundo livro se chama “A cidade do sol”, conta a história de uma menina que morava com a mãe, mas que um dia a mãe acabou falecendo e o pai da menina deu a mão dela em casamento para um homem muito mais velho que ela, e então ela tem que viver com isso, passando por muitas coisas tristes, mas tentando se manter forte. Esse é o livro que eu até o momento só li a metade, mas ele parece ser muito bom.

E o terceiro (dos que tive a chance de pegar para ler) se chama “O silêncio das montanhas“, conta a história de um irmão e uma irmã que, por infelicidade do destino, foram separados um do outro quando a menininha ainda tinha 3 anos. Esse livro conta várias outras histórias que de alguma forma se ligam aos personagens principais.

Apesar de os livros serem muito bonitos, eles também fazem a gente chorar muito! Então se você só gosta de livro que não te traga para a realidade, eu nem te aconselho a ler um desses livros. Porém, se você sabe que precisamos também estar cientes de que coisas boas e ruins acontecem e que temos que estar com a mente aberta para o que der e vier, aconselho de verdade que tire um tempo para ler algum desses livros.

E é isso, se você não gosta de ler porque nunca teve a oportunidade de ler um livro grande, comece por coisas pequenas, livros de versos e frases, gibis… Queira ter a honra de viajar sem sair de sua casa, ou tenha a honra de viajar enquanto está num ônibus ou num carro, essa sensação é muito boa.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *