Prometo que vou me lembrar

Da próxima vez prometo que irei lembrar de falar que amo usar sapatos fechados, porque eles cobrem meus pés, que acho tão estranhos;

Irei lembrar de falar que tenho mania de segurar o braço das pessoas que estão comigo, porque tenho a impressão de que consigo protegê-las;

Irei lembrar de falar que a vontade do meu coração é sempre demonstrar tudo o que se passa, mas que, por vezes, guardo pra mim até não aguentar mais;

Irei lembrar de falar que ciúmes é algo que tento não ter, mas que me persegue e me faz viver correndo dele;

Irei lembrar de falar que gosto quando coisas inesperadas acontecem em momentos inesperados, mas que também gosto de manter um pouco daquilo que se espera;

Irei lembrar de falar que por vezes tenho surtos de coragem e que, por conta desses surtos, faço perguntas inusitadas em momentos bem aleatórios;

Irei lembrar de falar que tenho um certo problema em lidar comigo mesma e, por conta disso, não sei reagir a elogios como as outras pessoas;

Irei lembrar de falar que tenho uma memória muito boa para diversas situações, sendo assim, consigo lembrar de conversas que até o próprio vento tentou levar;

Irei lembrar de falar que realmente não ligo muito pra algumas coisas, mas que o fato de eu não ligar TANTO para elas não significa que os pouquinhos possam se juntar e acabar pesando e fazendo doer meu coração;

Irei lembrar de falar que não espero alguém que tenha um tênis que combine perfeitamente com meu all star vermelho, até porque já tenho muitos tênis que combinam entre si…

Mas sim alguém que, vendo todos eles, apenas concorde que ter mais um no meio não faça tanta diferença, mas que mesmo assim se arrisque em tentar em fazê-la.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *